terça-feira, janeiro 08, 2008

um golpe de asa

Sabes, nina, gostei mesmo desta pequena história... Obrigada pela partilha! Afinal também aprendemos com os irmãos mais novos!
Era uma vez uma menina cujo coração batia mais rápido que o das outras pessoas. Isso incomodava toda a gente por causa do barulho... O coração batia tão alto! Ela tentava explicar: É um coração de pássaro... Eu estou no corpo errado!... Daí o coração bater mais rápido... Eu sou um pássaro!... O que é que disse?... É tolinha... Não deve durar muito... Então ela fugia... Ela só queria desaparecer, deixar-se levar pelo vento... Finalmente, a chuva acalmava-a, então ela voltava para casa e continuava a viver apesar de tudo... Pouco a pouco, as pessoas foram-se habituando ao barulho do coração... Acabaram mesmo por esquecê-la... Ninguém se apercebeu do que se passava e isso era bom para ela... Também ela se habituava... Começou mesmo a gostar do seu corpo... E sentia-se cada vez mais leve. Ninguém reparou como sorria de olhos postos no céu. Até que, um dia... As pessoas não sabiam se era alguém que morria, ou alguém que nascia... Mas uma coisa era certa, ninguém se importaria de partir assim...
Regina Pessoa, História trágica com final feliz

8 comentários:

Astor disse...

acho que ganhou vários prémios... :)

pinky disse...

lindooo! bom ano para ti! om shanti

Carla disse...

Obrigada por partilhares esta história connosco.

Kokas disse...

Há sempre esse sonho latente no ser humano: ser como os pássaros. :P

Aquele beijinho

wandolas disse...

Uma bela história, sem dúvida.
Bjinhos

Barão da Tróia II disse...

Uma bonita história, bom ano

ana maria disse...

Asas...Quem não sonhou já com elas? Quem não sonhou voar, deslizar no ar?
Bela história! Voei com ela...

Nilson Barcelli disse...

Não faço ideia quem é a Regina Pessoa, mas gostei da historinha.
Bom resto de semana, beijinhos.