quinta-feira, junho 01, 2006

Parabéns Principezinho!

"Amar uma flor de que só existe um exemplar em milhões e milhões de estrelas basta para uma pessoa se sentir feliz quando olha para elas. Porque pensa: "Ali está ela, lá no alto, a minha flor." Mas se a ovelha comer a flor, para essa pessoa é como se as estrelas se apagassem todas de uma vez!"
Parece que ontem foi dia de príncipes. Aquele que figura na imagem, embora mantenha eterna a sua juventude, completou ontem 60 anos - quero com isto dizer que, a 31 de Maio de 1946, a história de um dos mais famosos principezinhos- O Principezinho de Saint Exupéry - teve a sua primeira edição.
Há quem considere a obra, talvez pela inocência e pela idade do protagonista, um livro para crianças. Eu li-o pela primeira vez aos dezoito anos. Voltei a lê-lo depois dos vinte e depois dos trinta e, sempre que me ocorre, releio algumas passagens. De todas as vezes, a mensagem ganha novos contornos, porque, obviamente, a minha visão do mundo também é diferente. Se o meu primeiro contacto com a obra tivesse ocorrido em tenra idade, aproveitaria, de certeza, pormenores que os meus olhos de adulta já não alcançam.

4 comentários:

MPR disse...

Companheiro de sempre, e sempre o será...

'Tá Difícil disse...

Eu tenho dois exemplares cá por casa.

Um é só meu, está sempre no escritório, é um dos quatro livros que nunca está na estante porque recorro frequentemente a ele, tem a capa muuuuito gasta de tanto lhe pegar e está repleto de anotações.

O outro é para "o público em geral", e também nunca está arrumado na estante.

Um beijinho de bom dia.

boleia disse...

o meu esta tao velhinho...e lido e apontado e sublinhado e vivido!
E afinal é ainda uma criança...

xana disse...

um livro a ler..e a viver!!

um abracito, deep.