quinta-feira, junho 22, 2006

... como uma luva!

Hoje só me ocorre pensar, dizer e escrever, como Sttau Monteiro, na sua obra Felizmente Há Luar!:
"Os degraus da vida são logo esquecidos por quem sobe a escada... Pobre de quem lembre ao poderoso a sua origem..."

6 comentários:

boleia disse...

nao conhecia... mas é muito bem dito!

padeiradealjubarrota disse...

Não sirvas a quem serviu, lá diz o povo.

Visi disse...

Grandes inspiradores...pena não "darmos ouvidos".Limitam-nos a suspirar, a ficar deliciados com estas reflexão tão bem inspiradas, mas...resistimos em "agarrar-nos" ás coisas simples e verdadeiras da vida!

pintoribeiro disse...

Lapidar, lapidar...passei, conheci, gostei, volto. Boa tarde.

Nilson Barcelli disse...

Nem sempre é verdade.
Há pessoas poderosas em vários domínios que não escondem a sua origem humilde e não têm problemas com isso.

Beijinhos e bom fim-de-semana.

deep disse...

Boleia, da leitura da obra, ficou-me uma série de frases, mas esta ocorre-me sempre que tenho que lidar com a prepotência de certas pessoas, sobretudo com a do meu "chefe"...

Padeira de Aljubarrota, esse provérbio também me ocorreu...

Visionária, é bem verdade, muitas vezes...

Grhiba2, lapidar, na verdade. Volte sempre!

Nilson, também reconheço que não se aplica a todas as pessoas, mas quando a citação me ocorreu, como já referi, quis expressar a minha indignação com uma pessoa em particular.

Bjs e bom fim-de-semana para todos.