sexta-feira, abril 07, 2006

Pode não parecer, mas eu estou feliz por estar de férias... juro que estou!!

(Não me importava de voltar a este lugar! A foto é minha.)
Passamos os dias a lamentar-nos do trabalho - porque é muito, porque não é estimulante, porque não nos sentimos recompensados... Enquanto isso, suspiramos por um merecido período de descanso. Esboçamos um milhão de planos: dedicar mais tempo aos outros, pôr a leitura e o cinema em dia, conhecer ou revisitar lugares...
Quando realizamos que estamos em férias, ficamos estupidamente surpreendidos e desorientados, como se nos tivesse saído o euromilhões e não soubéssemos que destino dar a tanto dinheiro; ficamos atordoados como se o céu nos tivesse caído em cima. Mais: continuamos a sentir-nos escravos de horários e rotinas, como se nos esperasse uma infinidade de tarefas inadiáveis, convivendo apressadamente com os outros, como antes, e encontrando as desculpas mais elaboradas para ficar em casa.
Nos primeiros dias, limitamo-nos a "vegetar" no sofá. Ocorre-nos, então, que deveríamos deitar mão a uma dessas tarefas que sonhámos levar a cabo nas tão almejadas férias. O pensamento faz tenção disso, mas o corpo pesa e inclina-se mais sobre o sofá, enquanto os olhos se dirigem para o ecrã do televisor e o cérebro embrutece.
A angústia e o sentimento de culpa (que também deveriam ir de férias de vez em quando) instalam-se, quando percebemos que o relógio não abranda e que, num abrir e fechar de olhos, o trabalho nos absorverá de novo e que não cumprimos nem um terço dos planos traçados.

6 comentários:

Carriço disse...

Eu só pedia uns dias de sol e calor no fim-de-semana! Chegava! :)

Saudações

aprendiz de viajante disse...

É a minha terra?!... Se não é parece...

Boas férias.
Hoje comecei as minhas...

deep disse...

Carriço, também não importava nada que viessem dias mais quentes e solarengos, porque ter férias pra ficar em casa não é muito bom.
Saudações.

Wicca, sim é a tua terra, é S. Miguel.
Boas férias também pra ti.

Mikas disse...

Exactamente, certíssimo akilo que dizes... mas eu não me importava nada de poder vegetar, nem que fosse durante 2 dias.

Carlota disse...

Pois é. Há que ter disciplina também nas férias. Para quem está habituado a estar activo durante o resto do ano, não fazer nada parece uma pura perda de tempo...
:)
Beijola

pinky disse...

não te sintas culpada por vegetar em frente á tv! isso é o corpo a pedir descanso! cada um tem a sua maneira de relaxar! qd o corpo e a mente riverem relaxado lá vais fazer tudo o que querias fazer. jokas bom descanso e melhores férias.