quarta-feira, março 08, 2006

ser mulher

(Picasso, Mulheres Correndo na Praia)
A mulher. Ossos que procuram o calcário. País de sol. (...) Corpo que se busca através de líquidas viagens. (...) Animal de ondas nocturnas, levanta-se para percorrer os abismos. Ritmos de vertigem pulsam-lhe na aura dos seios. Líquido olhar de desejo. (...) Longe da casa, a mulher é ave. Longe da nuvem, a mulher é ferida. (...) O corpo da mulher é terra colonizada. Bravia. Torturada. O corpo da mulher é massa informe, arrastando-se pelas lagoas do silêncio. Águas paradas de íntima humilhação. Mulher que se ignora porque se foge. (...) Mulher acesa. Incendiada. Íntima. Mulher que te conquistas no silêncio do corpo que te afoga em luz. (...) Fenda. paisagem. Aurora. Para quando o salto transparente? Para quando o parto que te fará nascer de ti?
(Maria Graciete Besse, Mulher Sentada no Silêncio)

6 comentários:

pinky disse...

muito bonito! não conhecia! já aprendi mais alguma coisa hoje! merci ;)

aidil disse...

Bastante significativo e verdadeiro tambem.Lindo!
Que tenhas um bom dia - da Mulher-
Jinhos.

Araj disse...

"Para quando o parto que te fará nascer de ti?" Aos poucos nós (sociedade) vamos-te dando à luz, é preciso ter esperança…

'Tá Difícil disse...

"Muito longe, ali junto ao sol, estão as minhas aspirações mais elevadas. Talvez não seja capaz de alcançá-las, mas posso admirar a sua beleza, acreditar nelas e tentar chegar onde me conduzem."

Ouvi uma vez o meu avô dizer-me esta frase e pedi-lhe que repetisse até decorar; nunca me esqueci destas palavras, que viriam a ser (em parte) responsáveis pela minha determinação; já adulto percebi que tinham sido também fonte de inspiração para o meu avô. Percebi também que tinham sido ditas por uma mulher: Louisa May Alcott

Um beijinho, de quem vive muitos dias 8 de Março ao longo do ano.

Tá Difícil

deep disse...

Pinky, não tens que agradecer. A autora não é muito conhecida;eu só tenho uma das suas publicações.:)
Aidil, o poema em prosa ( ou a prosa poética, de que só transcrevi excertos, tem, de facto, muito de significativo... Beijocas
Araj, esperança é o tem movido muitas mulheres... e homens!
Tá Difícil, lembro-me de ter lido Mulherzinhas em criança, mas não conhecia essa frase, que é uma mensagem de esperança e determinação. Obrigada!

Desambientado disse...

Deep.

Não sei o que se passa com o teu blog.
Comento, mas os comentários não aparecem.

Um grande cumprimento que deveria ter aparecido no dia da mulher.