quinta-feira, março 02, 2006

só porque me apetece...

Quando ficares velha e grisalha E cabeceares à lareira, pega neste livro E lê-o devagar, sonha com o olhar meigo E com a sombra outrora nos teus olhos; Quantos amaram os teus momentos de feliz encanto E a tua beleza com amor falso ou autêntico. Além daquele homem que amou em ti a alma peregrina E as tristezas que alteravam o teu rosto; E curvando-te mais sobre o quente da lareira Murmura, um pouco triste, como o Amor fugiu E caminhou sobre as montanhas bem lá no alto E escondeu o rosto na multidão de estrelas.
W. B. Yeats

11 comentários:

Carlos Estroia disse...

E apetece-te muito bem.

Abraços

Sinapse disse...

Pungente, comovente, tocou fundo ...
Essa velhice avançada, velha e grisalha, assusta-me ... precisamente pelo peso da nostalgia, que há-de curvar-me mais que os anos ...

Espero, nessa minha velhice, não ter tempo de alongar-me à lareira, espero vir a estar mais ocupada com o presente desse tempo e sem muito tempo para ficar a olhar para o passado.

Mas que bonito poema, o de Yeats,
obrigada! Boa noite :)

Miguel disse...

Bonito, muito bonito.

Entretanto, não está frio, nao precisas da lareira...sê deep assim!

astor disse...

sinapse disse:

Espero, nessa minha velhice, não ter tempo de alongar-me à lareira, espero vir a estar mais ocupada com o presente desse tempo e sem muito tempo para ficar a olhar para o passado.

não diria melhor.

Miguel disse...

Muito Profundo ...

Caminhando por esta vida ...
Vamos envelhecendo ...
O corpo!
Porque o espirito nunca pode morrer!

Bjks da Matilde

Araj disse...

“como o Amor fugiu / E caminhou sobre as montanhas bem lá no alto / E escondeu o rosto na multidão de estrelas.” Tomei a liberdade de salientar esta frase… Conhece algumas metáforas, mas esta está simplesmente fenomenal...

Desambientado disse...

Muito bonito.

xana disse...

eu gostei particularmente a imagem de uma "alma peregrina"..
Fantástica associação!!!

Todo o poema, de resto..encanta.
E tu, também!

Um abraço.

pinky disse...

lindo...maravilhoso e muito bem escolhido! bjkas e bom fim de semana.

Nekynho disse...

Windo :o)

Nilson Barcelli disse...

Apeteceu-te porque é um lindo poema às pessoas de idade.
Que, se tudo correr bem, também um dia o seremos.
Beijinhos e bom fim-de-semana.