domingo, março 26, 2006

quem não conhece pelo menos um?

"Não, não são necessariamente crianças atiradas para o chão a fazer birras, nem sequer adolescentes pedantes, há sobremimados em todas as faixas etárias, estratos sociais e regiões do país (...). Não estão habituados, nem tencionam estar, a ser contrariados (...). Os sobremimados não tiveram mimo a mais, mas a menos, apressam-se a dizer os especialistas da psique (...). Talvez, de facto, tenham sido alvos de um amor doente, que não lhes ensinou limites (...). Talvez, de facto, lhes tenha faltado um amor saudável, que lhes desse a entender que servir não é ser subserviente, e que falar alto e levantar a espada por tudo e por nada não é a melhor maneira de afugentar o medo, mas é uma forma certa de afastar os outros."
Isabel Stilwell, Notícias Magazine de hoje

14 comentários:

spartakus disse...

obrigado por te ter lembrado de mim. b'tarde e bom domingo.

A Capela disse...

Infelizmente alguns e é problema difícil de se resolver principalmente pela dificuldade de aceitação no caso de haver quem aponte como forma de ajuda essa faceta. O pior é que eles acabam sempre por sofrer com isso.

Malu

Araj disse...

Quem conhece não conhece pelo menos um? Ao ler este post parecia que estava a ler a descrição de uma pessoa que me é muito querida...

alyia disse...

xxiiii isto dava pano para mangas

amigona disse...

Só um?!....

Carlota disse...

Conheço. E estou agora a lembrar-me de uma de 35 anos que chora mesmo quando é contrariada! Já tive uma vez de lhe dizer que não sou homem, pelo que a coisa comigo não funciona!...

Miguel disse...

Certo..maa mais que lamentar o que já está, peguemos nessse conhecimento e amemos bem. Evitemos criar mais sobremimados, ainda que para um ou outro seja dificil e tenha que contrariar a sua maneira de ser. Isto, olhar para tras, aprender e corrigir, isto, dizia é que é evolução.

a lice disse...

Conheço mais que um...:)

Rosario Andrade disse...

Ola!!!
Foi um prazer receber-te la pelas bandas das Impressões! O teu cantinho é muito agradável!... vou voltar!

Quanto a adolescentes... o meu rapaz, um matulao de quase dois metros (Mr. Big) por vezes faz birras. De vez em quando tenho de lhe dizer "grow up!". E quando está mais emocional dorme com o Teddy bear... diz ele que é para suporte das costas! ehehehehehe!
Bjico

pinky disse...

é bem verdade, vou ler a revista tenho-a cá e ainda não tive tempo para a lêr, jokas e bom começo de semana.

aidil disse...

Tenho sensação que está bem perto de mim um...
bjs

nani disse...

Todos conhecemos um, ou pensamos conhecer, mas a verdade é que há pessoas que têm formas diferentes de lidar com os obstáculos e por vezes, o grito é preferível (desabafa)

Nilson Barcelli disse...

Eu acho que não sou um sobremimado, mas adoro receber mimos.
Mas não arranco o cabelo se os não receber...
Beijo.

gala disse...

onde anda a dona deste blog? espero ke estejas bem.