segunda-feira, outubro 24, 2005

Onde para a justiça?!
Da Justiça, enquanto instituição, percebo muito pouco - ou nada!-, mas como ser humano e cidadã deste país não deixo de me indignar com situações como a de Fátima Felgueiras. Se a senhora é ou não culpada não me cabe a mim decidir, contudo, parece-me de uma profunda injustiça que o seu julgamento corra o risco de não ser uma realidade!Por este e outros exemplos, que não vou mencionar, concluo que os "merceeiros" viciaram a balança e andam a roubar no peso!

Sem comentários: